domingo, 16 de março de 2008

crionças



















Eu tenho uma teoria: crianças não deveriam se chamar crianças. Deveriam ser
crionças. Sim, pois é o que muitas são. Outro dia contei na sala de aula o que penso sobre elas. Sua justiça é implacável e seu senso de humanidade simplesmente não existe. Tenho horror a crianças, temo que sejam bichos perigosos, uma vez que são sexualmente transmissíveis. O filho de uma prima, sociopata no futuro - com certeza -, estava em silêncio brincando no quintal de sua casa, onde havia uma pequena criação de galinhas. A vó assistia tv enquanto a mãe trabalhava na casa de alguém (ela é diarista). De repente, a vó ouve o menino chamar "Vóóóóó, vem ver o que eu fizzzz!!!". A vó, preocupada com os ovos que a galinha estava chocando, já sabendo que o menino é uma das encarnações do mal, foi lá já pensando no pior. Quando chegou no quintal, o menino estava com um pedaço de pau e três pintinhos empalados nele. "Espetinho de pintinho, vovó!!". Imagina o choque dessa senhora? Imagina vc conviver com um bicho desses em casa? Na casa da minha irmã, ela criava um porquinho da Índia. Preá, na verdade. Ele soltava pequenos esguichos quando tinha fome, um bicho fofinho que qualquer ser acha legal. Exceto esse psicopata-mirim. Um dia ele estava na casa da minha irmã e ela ouviu um esguicho muito mais agudo e forte do que o de costume. Correu pra cozinha e lá estava o garoto esmagando o bicho com uma pisada no meio do corpo dele. Ria ao ver os olhos esbugalhados do animal saltarem das órbitas. Como não temer um monstro desses? As crianças deveriam nascer com 13 anos ouvindo Rocket to Russia, lendário disco dos Ramones.
Dá só uma olhada nessas fotos dessas pragas.

5 comentários:

Jéh.*~ disse...

bom, desde que eu comecei a ficar com meu irmão pela noite, desisti de ter filhos.

;x

Helio disse...

Cara, o pior é que todas as crianças são pertubadas de verdade.Ja vi muleque por gato em panela de feijao!Detalhe, o feijao tava borbulhando!
E depois falam que isso inocência...BICHO DO MAL..

Marcelo disse...

Ah! Não exagera vai. Minha irmã (5 anos) é uma gracinha - quando quer...
O máximo que acontece, no meu caso, é: ela ser muiito enjoada, dar birra, ficar me perturbando, contar o que, na cabeça dela, é vantagem, sobre os outros, ficar te perguntando o porquê quando a explicação exige no mínimo o 9º ano (e aí eu tenho que alimentar a cabecinha dela com invenções), me fazer pagar mico em público (nem vou dar exemplos), etc...
Pensando bem... Acho que elas são mesmo a encarnação do mal!

Danna disse...

já cuidei de três pestinhas.. quase pirei da cachola e hije em dia minha mãe olha os três netos (menores que 7 anos).. minha casa é um fuzuê.. num fiko lá um só minuto sem dar chilique!!

Mas vc precisa de um molekinho, Guga, daí põe ele pra ouvir Ramones.. quem sabe ele não vira uma "encarnação do bem" ?!

bjuss

£úkinhas disse...

Ja dizia o poéta Dr. House "Crianças e mentiras são todas iguais: Importunas, mas o futuro depende delas."Meeeeeeeeeentira >.<
Não acredite em tudo que ouvir na TV. O futuro depende de pessoas com mais de 15 anos de idade no mínimo, se essas é claro tiverem uma boa educação nesse período.
Sou o 2º de uma próle de 5 (sem TV no quarto naquela época), meu irmão mais novo é quase 10 anos mais novo do que eu e, caraca, dele o capeta corre resando. Hoje em dia só ele da trabalho, mas não quer dizer que as duas garotas que vem depois de mim são santas U.U
Quem sou eu pra falar algo, com 10 aninhos eu brincava de tiro ao alvo com os filhotes da minha gata, colocava-os em baldes e girava com toda força...credo, passado negro. Enfim, o capeta inventous as crianças e Deus inventou o envelhecimento (Obrithank you Papai do céu)
P.S: Guga, adorei o blog o/