domingo, 6 de abril de 2008

mijando

De mijar na borda do vaso

A mais famosa obra de Marcel Duchamp da sua fase dadaísta ready made, A fonte. Foto retirada de http://www.students.sbc.edu/evans06/images/Marcel%20Duchamp.jpg

A reclamação mais comum das mulheres em relação aos nossos modos higiênicos refere-se a mijar no vaso corretamente. Dizem elas (que não têm pinto) que nós somos “porcos” e ruins de mira, além, é claro, de sermos preguiçosos e não fazermos a limpeza do vaso após urinarmos. (fazemos limpeza de alguma outra parte da casa por conta própria?)

As mulheres acreditam que nós, rapazes, temos uma mangueirinha (alguns têm tromba, outros um quase umbigo protuberante) e que basta a direcionarmos pro vaso que tudo (es)correrá bem. Mas a coisa não é tão simples assim. Na verdade, nossa mangueirinha aumenta e diminui de tamanho várias vezes num dia, dependendo da temperatura ambiente, da noite, do sono (e sonhos) que tivemos, do nosso estado de espírito, do tesão, enfim, de uma série de fatores. Creiam-me, até se o cara tiver dormido de bruços sobre sua mangueirinha pode influenciar, porque se ela estiver amassada, o fluxo xixísico pode se alterar, saindo pela tangente, por exemplo.

Se bebemos muito líquido (água, suco, refrigerante, álcool, solução de bateria, não importa), provavelmente temos um jorro mais forte do que aqueles que bebem pouco. As pessoas com problemas renais também sofrem pra mijar. Às vezes sai só uma seqüência de gotinhas – que invariavelmente caem nas bordas do vaso.

A força com que nossa urina sai também não funciona como uma torneira que é aberta. Nem a gradação com que o líquido sai é uniforme. Às vezes começa devagarzinho e de repente estoura numa tromba de xixi, o que pode conseqüentemente causar o tal problema relatado por nossas queridas mulheres.

Vamos pegar um caso muito comum, em nome de todos os homens sempre cobrados por esse problema. Tem pinto que é torto. Isso já é fator de risco para as bordas do vaso. Além disso, imaginemos que se dorme de bruços. Pra piorar a situação, a ingestão de líquidos não é regular. Ou seja, tem dia que o cara se sente uma foz, tem dia que parece estar parindo um diamante pelo bilau. Mas pra desgraçar de vez a situação, imagine um problema que só pode ser corrigido cirurgicamente: quando o fluxo de mijo aumenta, quer dizer, logo que se começa a urinar, aquele lindo jorro faz um V (só pode ser de vingança, né possível!) e o mijo sai em duas direções. Resultado, o cara fica tentando controlar o pinto pra poder mijar dentro do vaso, mas aí o fluxo diminui porque ele o refreia e quando isso acontece o mijo único volta, daí molha a borda do vaso, ele aumenta o fluxo, vira V novamente aí... aí já viu, é tampa, é chão, parede, papel higiênico, pia, box, pé, caixa de descarga, enfim, acerta-se tudo, menos a rodela do vaso. Pra mim, os vasos sanitários deveriam ser do tamanho daquelas bacias de plástico do R$ 1,99. Errar-se-ia menos.

Dizem as mulheres pra gente mijar sentado. Mas como contrariar uma das únicas coisas que nos faz sentir melhor do que elas? Como ir contra um desejo do tão ansioso Adão? Neca de captibiriba. Vamos continuar mijando em pé o resto da vida, mesmo tendo que fazer uma faxina no banheiro após o ato, ainda temos orgulho de ostentar o desejo do primeiro homem a mijar no pé da existência.

7 comentários:

Karina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karina disse...

Você podia também fazer um texo sobre as letras estranhas de 'verificação de palavra' quando uma pessoa quer comentar no blog da outra! Por que tem uma cadeira de rodas ao lado? Mas seu texto ficou muito bom! kkkkk
Karina e Fellipe (3° ano, lá do Fractal)

Amanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanda disse...

Guga vou lhe contar uma pequena história... piada sei lá!
Deus chegou em Adão e Eva lá no Paraiso e disse:
- Tenho 2 presentes um para Eva e outro pra vc Adão.
Adão mal esperou Deus terminar seu raciocinio e disse:
- Não quero nem saber o que é... o 1º é meu... meu e meu!!!
acostumada com as presepadas de Adão! Eva nem se importou. Então Deus entregou o presente .. Adão pulava de felicidade ao ver seu presente era o "PINTO" saiu mijando em todas as árvores do Paraiso. Eva ficou feliz por Adão afinal ela logo viu que akele presente tbm serviria para ela. Então Deus disse:
- Eva eis aqui o teu presente.
Eva agradeceu e pensou:
" Nossa ser inteligente é bem melhor que mijar em pé"

kkkk...
Desde ja GUGA meus pesames!!!

shailly disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Booaaa Amandinha !!! kkkkkkkkkkkkkk


tinha q ser ela...rsrsrsr

Guga.. seu textoo fikouu muitoo baumm !! Continueee assim.. muda naum !!

Shailly, Colégio Planeta, noturno

Marcelo disse...

Maldade a discriminação masculina que as meninas estão fazendo.
Concordo completamente com você, Guga. Controlar a mangueirinha e suas peculiaridades (rsrs) é realmente uma arte e o que nos faz HUMANOS.
Imagina se não tivéssemos mangueirinhas, não precisássemos urinar e reproduzissemo-nos sem a necessidade dela. Seria perfeito!
-> Adolescentes (homens) teriam a maturidade de adultos.
-> Não nos preocuparíamos com mijar na borda.
-> Não nos preoccuparíamos com dormir de bruço, objetos que atingíssem o local (bolas, principalmente - nos dois sentidos), etc.

Enfim,nossa mangueirinha não nos deixa esquecer que somos meros mamíferos insignificantes que continuam marcando o território em que vivem (no bom e no mau significado de marcar).

Paula Daiana ^^ Danna disse...

rsrsrsrs... tá bom.. vou ser mais compreensivas com os homens da minha casa.. ou entaum mandar eles irem mijar lá no pé do muro do vizinho que é mais largo!

suas histórias são demaisss...

valewww